Sabe aquele frio na barriga quando a roda gigante para lá no alto ou então quando aquela pessoa que você admira vem falar com você? É disso que precisamos, de sonhos, de 'frios na barriga', de coragem! Muitos pedem a felicidade sem ir em busca dela, eu já fui uma delas. Reclamava da tristeza mas não dava um passo em busca da felicidade.
Há quem acredite em um lugar perfeito onde se encontra toda a felicidade outros acreditam que a felicidade depende da pessoa amada. Eu creio na felicidade de momentos, dançar na chuva, ter um dia de volta a infância, uma troca de olhares, um sorriso correspondido, aquela mensagem de bom dia e aquele sonho alcançado.
A pouco eu pensava que a felicidade não existia e de tanto reclamar da vida comecei a reparar nos pequenos atos, e foi neles que eu descobri minha verdadeira felicidade. E a partir dai percebi que a tristeza é perca de tempo e o mau humor destrói por dentro.
Quando descobri minha felicidade joguei fora tudo que me prendia, rasguei cartas, cortei fotos, exclui mensagens e dei um abraço apertado acompanhado de palavras bonitas em quem me fazia bem. E foi ai que descobri também que minha felicidade tem botão de compartilhamento.
E hoje aqui refletindo eu vi quanto tempo eu perdi até descobrir meu jeito de ser feliz!


2 Comentários

  1. Não preciso nem falar que novamente arrasou no texto né? hahaha
    Eu concordo muito com vc, as vezes a gente pede muito a felicidade, mas não da um passo para consegui-lá!
    Beijinhos,Mundo Da Laís

    ResponderExcluir